Fale Conosco:

Fone / Fax:0xx11-3864-0211, 3864-2737

sac@etec.com.br


DETECTOR DE MONÓXIDO DE CARBONO ORIGEM:ITALIA - REF.:710


Aparelho destinado a alarmar presença de CO em ambiente  
O Monóxido de Carbono (CO) é um gás inflamável, inodoro e muito perigoso devido à sua grande toxicidade. É produzido pela queima em condições de pouco oxigênio e/ou alta temperatura de carvão ou outros materiais ricos em carbono, como derivados de petróleo. Forma com a hemoglobina do sangue um composto mais estável do que ela e o oxigênio, podendo levar a morte por asfixia. 

A exposição a doses relativamente elevadas em pessoas saudáveis pode provocar problemas de visão, redução da capacidade de trabalho, redução da destreza manual, diminuição da capacidade de aprendizagem, dificuldade na resolução de tarefas complexas ou mesmo matar. Concentrações abaixo de 400 ppm no ar causam dores de cabeça e acima deste valor são potencialmente mortais. 

Não se deve utilizar geradores, grelhadores, fogões de campismo ou outros aparelhos que funcionem a gasolina, propano, gás natural ou carvão dentro de casa, caverna, garagem ou caravana de campismo — ou mesmo no exterior perto de uma janela aberta. Em caso de falta de energia por motivos de catástrofe natural, não se deve tentar utilizar fontes alternativas de combustível ou electricidade para aquecer, arrefecer ou cozinhar. 

O Monóxido de carbono destas fontes pode acumular-se em casa, garagem ou caravana de campismo e envenenar as pessoas e animais no interior das mesmas. A exposição a monóxido de carbono  pode provocar perda de consciência e morte. Os sintomas mais comuns de envenenamento por monóxido de carbono são dores de cabeça, vertigens, fraqueza, náuseas, vómitos, dores toráxicas e confusão. As pessoas que se encontrem a dormir ou tenham ingerido álcool podem morrer de envenenamento por monóxido de carbono antes sequer de sentir os sintomas.

Os detectores de Monóxido de Carbono (CO) são aparelhos de alta tecnologia em condições de revelar, no ambiente que venham a ser instalados, a presença deste gás específico, provocada pela combustão incompleta, no anormal funcionamento dos aparelhos a gás ou outro combustível, ou da presença de gás do escapamento de motores a combustão interna. São projetados para revelar uma concentração de monóxido de carbono perigosa para a saúde e intervir assinalando a anormalidade com dispositivo ótico e acústico.

 Além disso, podem bloquear o prosseguimento da combustão anormal através de uma eletroválvula de interceptação do gás combustível ou arejar o local ativando dispositivos oportunamente predispostos. O monóxido de carbono (CO) é particularmente perigoso porque é inodor, incolor e a tal ponto de provocar danos permanentes ao organismo em função do estado de saúde e do tempo de exposição. Através da tecla TEST é possível efetuar um autodiagnóstico completo do sensor e do circuito interno de regulação, que vem entre si monitorados constantemente pelo microprocessador interno: o encontro de uma eventual anomalia conduz o detector à condição de danaficado (FAULT).
 
Dados Técnicos:
Alimentação: 230V/50/60Hz
Temperatura de funcionamento: -5/+35ºC
Umidade Relativa de funcionamento: 20/85%
Saída a relê: 8A/250Vac
Sinalização acústica (nível sonoro): 85dB/3 metros
Grau de proteção: IP42
Pré-alarme: 60 ppm
Alarme:150 ppm
Tempo de atraso entre a alimentação e a leitura do sensor: 120 segundos(-20%/+50%)
 
Esquema Elétrico de Ligação

Garantia: Todos os modelos têm garantia total contra defeitos de fabricação


Fale Conosco

Fone / Fax:0xx11-3864-0211, 3864-2737

sac@etec.com.br


voltar